Diario parte 2

quarta-feira, 29 de março de 2006

Parte 2

Acho que nenhum homem tem o direito de ser covarde diante uma mulher, quero dizer, se uma garota te atrai é dever nosso fazer com que ela perceba isso é o principio básico do flerte. Mas nem sempre funciona assim, devo dizer que em algumas vezes me acovardei diante de uma garota a qual me interessava.
Lembro ate hoje de uma vez no Kazebre (uma casa onde toca algumas bandas aqui em sampa) em que avistei um anjo moreno, tinha uma barriga linda, cabelos longos, usava um mini blusa do AC/DC e era dona de um olhar simplesmente cativante. Fiquei louco!
Precisava falar com ela de qualquer forma e nessa hora vale qualquer desculpa, serio, uma mulher vale qualquer desculpa. Meu cérebro estava fritando, pensando em uma razão interessante pra falar com ela, a que achei não era interessante, mas era um começo.
Vi em que levava um isqueiro em uma das mãos, não pensei duas vezes, eu que não fumo pedi um cigarro pra um amigo que estava ao meu lado, me aproximei dela coloquei o cigarro na boca e fingi procurar um isqueiro, claro que não achei, então olhei pra ela com a maior cara de pau e pedi o dela emprestado.
Vocês devem estar pensando em que momento eu fui covarde já que fiz de tudo pra me aproximar dela. Eu digo. Após todo esse esforço eu simplesmente não consegui falar mais nada nem mesmo perguntei seu nome, só conversamos um pouco sobre a banda que tocava naquela hora e diante de minha paralisia ela resolveu sair fora.
Isso faz cerca de um ano e ate hoje me arrependo.
A pergunta que fica é: Porque certas mulheres nos paralisam?

Não sei, mas a moral da historia é não de uma de mane se não vai se foder que nem eu: >:

1 comentários:

Luiz Marcon (Shrek) disse...

Aew viadinho buuuuuuuuuuu

Nem ficou só de olho se fudeu hauahauhauhaauhauh


Não fica triste não essas coisas acontecem mais veja pelo lado bom vc ainda ficou com uma colega nossa rechonchuda* hauauhauhaahu deve saber de quem eu estou falando né

 
Blog do Sarge - Templates para novo blogger