Da Pátria, Caneta e Armas

terça-feira, 23 de setembro de 2008


"Ele pensou mesmo em mudar o mundo com aquela porra de caneta em punho e muita merda na cabeça, não é mesmo?
Achou que alguém iria, no final dos tempos, comprar aquela idéia comunista esquecendo-se que comprar era um verbo direto e de direita. Seus irmãos com os troncos nús, e olhar estreito, abriam caminho pela longa estrada da vergonha até o futuro, ferozes no trato com as armas, incapazes do ato do perdão, mas que choravam sobre a tumbas de suas velhas mães.
Algumas noites quando alguma puta me fazia crer que ainda era possível extrair algum prazer daquela latrina, a pouca luz, dava para vê-lo lutando com as palavras e com o mundo. Me esforçava como um cavalo na lavoura para não meter-lhe uma bala na cabeça ou na minha mesmo.
O idiota insistia em mudar o mundo com tinta, enquanto o sangue de nossas mulheres desciam vala abaixo.
Na noite mais negras dos meus dias, quando tudo que queria, cansado da batalha, a morte, balbuciando algo como "meu Deus", minha mão segurava tão firme minha pistola que hora se confundia com um parte de meu próprio corpo, veio ele em minha direção: "Acalma irmão, já está pra nascer o dia em que saberão de nossa aflição"
Cuspi-lhe a face. Covarde!

Pouco dias depois foi capturado, torturado e morto. Sua tinta tinha ferido a besta no próprio coração, havia prostrado e desnudado a face daquele que nos oprimia.
Meu coração rasga em noites frias quando me lembro da minha intolerância, e de como vendi minha juventude por ideologias que nunca foram minhas.
Enquanto minha espada lutava por uma bandeira sua pena lutava por minha alma. Eu cuspi em minha própria alma!"

- Desce mais uma Nicolas.
- Não acha que bebeu de mais, capitão? Não prefere uma Coca?
- HAHAHAHAHAHAH! Hummmmm!!! Mas é claro, não foi por isso mesmo que vendi minha alma?

-----------------------------------------------------------------------------------------------

Quero agradecer a Sam do Exceção do mundo pelos presentes que me ofertou.

Eu, por minha vez os ofereço para:
http://acrossalltheuniverse.blogspot.com/ Da talentosa Nina
http://colunadolorida.blogspot.com/ do engraçadinho do Gil
http://doscrimesbordadosvaidades.blogspot.com/ Da minha doce Carla

Os Selos são esses 4 de baixo pra cima ai ao lado.
É isso.

17 comentários:

†YaGo-SaN† disse...

Bom texto, bem crítico!
abraços!

http://wallnosekai.blogspot.com/

Cinttia disse...

Nossa como assim??? hehe
esperava outro final kkkkkkkkkkkkkk
fiquei tao concentrada aff
mais escreve muito bem sem duvida!!

*.*Allegr!a*.* disse...

Depois do silêncio, de umas doses de leitura sobre os comentários nos blogs, me desnudei.
Achava que os comentários nos blogs eram obrigações impostas em comunidades.
Me rendi, enfim.
Já tava namorando tuas palavras, desde lá de trás, e hoje cheguei pra ler e declarar fidelidade a elas.
rs

A.d.o.r.o esse espaço!

Simples assim

carla m. disse...

Caro mio,

Agradeço os presentes, são lindos, já estão lá!!!

Eu vi tantas pátrias, tantas canetas e tantas armas, e confesso que não sei se ainda acredito em alguma. Mas também não consigo me desprender de acreditar em algo...

Desilusões. Tu as trouxe à tona tão visceralmente! Triste e belo. E profundo como quase tudo que se passa por aí.

Bom te ter de volta, beijoca!

Gilgomex™ disse...

vendeu a alma por coca-cola?
pacabá...

se fosse a outra coca, ainda teria um preço melhorzinho no mercado negro.

Marcio Sarge disse...

*.*Allegr!a*.* QUe bom que gostou desse espaço, foi criado à sua semelhança e os que tem a ousadia de não se sentirem obrigados ao comentar sem de fato querer.

Obrigado por sua visita e palavras, é uma honra.


Carla, pra uma historiadora Canetas, armas e pátria é filme que se repete a desilusão é só um personagem que sempre volta, junto com a esperança.

E Gil, essa coca custa mais caro rs

Jupp-games disse...

Mto Bom Seu blog!
Parabens!

=) Festa das Cores disse...

Coca - Cola???
esse mundo ta mesmo maluco kkkkk
nao que eu nao goste da Coca...

legal aqui!
parabens!!

http://lefamily.blog.terra.com.br/

carla m. disse...

Marcinho, querido,

Sim, sonhos de mudar o mundo e teorias existem desde que somos humanos... os motivos é que mudam.

beijocas!

DAD disse...

Parabéns pelo blog.

http://dita-dura.blogspot.com/

Jonatas Fróes disse...

Só não gostei muito do final, mas é um bom texto.

[]'s

Musikaholic

Marcio Sarge disse...

dad: Meus pêsames pela cara de pau!

Ellen Regina disse...

gostei muuuuito do texto, mas acho q esteticamente ficaria melhor se vc espaçasse um pouco mais os parágrafos!
:DDDDD

kilder disse...

legal o seu blog! bom o texto, parabens.

Sαм; disse...

Esse povo esquece que é o capitalismo que paga nossas contas --'

Ahh, que bom que vc gostou dos selinhos :)

Beijos

Naiara disse...

Pois é né, até a Cuba Libre leva Coca Cola. rs

Leonardo disse...

Olha eu de novo!
Gostei do texto...

Abraços!

 
Blog do Sarge - Templates para novo blogger