A saga dos incorrígiveis

domingo, 25 de maio de 2008


O dia estava bonito. Sai de casa e respirei o mais fundo que podia a fuligem que os cientistas insistem em chamar de ar. Tudo bem sentia que aquele dia seria um dia diferente pra mim. Andei alguns metros e encontrei uma amigo que me disse:
-Vamos beber seu merda?
Eu pensei: Caramba! Beber? Bebidas causa acidentes no trânsito, te torna violento e ainda faz você pensar que é um filosofo enquanto diz um monte de bobagem incongruente. Então eu disse:
- Claro não tenho nada mais saudavel pra fazer mesmo.

Então andamos mais alguns metros e chegamos o templo mor dos verdadeiros homens, no lugar onde os instintos dos nossos velhos ancestrais são revividos e respeitados tais como o instinto de selvageria, o de gritaria, o de chingaria e o de brigaria fora claro o de companheirismo parasita. Chegamos ao Bar.

Escolhemos uma mesa e começamos a beber. Dado momento meu amigo como que precisando de uma ajuda me olhou com os olhos já surrados pela bebida e disse:

-Cara! Vou parar de fumar!
Sim ele precisava de mim. Precisava que eu o apoiasse nessa sua decisão, que lhe dissesse que estava orgulhoso e que era a melhor coisa das bobagens que ele fala que se aproveitava. ENtão soltei:
- KKKKKKKK!!! Você bebe igual a um selvagem no deserto, dirige como uma mulher com bronca do marido e me diz que está com medo de morrer do cigarro? KKKKKKKk
- Porque você diz isso? Acha que então eu deveria só largar a bebida?
- Não. Eu acho que deveria largar a bebida, largar o cigarro e viver mais comedidamente.É isso.
- E qual é a graça de viver assim? ele perguntou.
- Juro que não sei, mas estava tentado te induzir pra ver se achava a resposta se eu não gostasse o problema iria ser só seu mesmo rssrsr.
-Filha da puta eu quase acreditei em você. Só pro essa você paga a próxima.

Viu? É o que dá quando tentamos ajudar um amigo.

6 comentários:

Nina Ferreira disse...

Não tente ajudar os amigos, se sua idéia falhar, você tem culpa total.

Abraço!

TorrentGirl disse...

Moço... verdade, você cheio de tantas boas intenções... tu é amigo mesmo! rsrs. Beijo ;)

Hudsay disse...

hahaa, eu achei engraçado. "Com isso, nao irei mais ajudar meus amigos" - mentira, hehe.
Muito bom o blog! Parabéns! Li uns outros posts também =]
**Ah, e ok, estou fazendo um blogueiro feliz ao comentar? Que bom, então!
Beijos!

www.hudsay.blogspot.com

Parmitaum disse...

Cara... infelizmente sou fumante tambem... quando a pessoa bebe e fuma, para ela nao existe coisa com tamonha prazer. Nunca, jamis ninguem vai parar de fumar bebendo...
Imagino a situacao em que se encontravam...

mt boa a historia


abraço

Letícia Castro disse...

É, pois é, amizade é isso aí, né?
Abraço!
Letícia.

Bruna...tua vizinha de frente! disse...

Cara....não sabia que tu escrevia assim...tão bem!


Mas...paira uma dúvida no ar: quem era o amigo:

a)o hamar
b)o toninho
c)algum que não conheço





vlw marcio...abração!

 
Blog do Sarge - Templates para novo blogger