DEMO

domingo, 22 de abril de 2007

O partido DEM (ex-PFL) parece que faz jus aos trocadilhos sobre sua sigla e de forma a demonizar o imaginário das pessoas um de seus vereadores Wilson Leite Passos quer promulgar uma lei que mais parece uma sentença nazista dada à forma discriminatória faceta do projeto.
O projeto que tem o sugestivo nome de “Estímulos e proteção à boa geração e constituição e famílias sadias" reza que casais que forem aprovados em exames pré-nupciais que garantiriam a viabilidades desses terem filhos saudáveis e exames pré-natais que atestariam isso teriam gratuidades em todos os níveis de ensino, na aquisição de material didático e também preferência na matrícula. Por conseqüência, os pais de filhos saudáveis seriam beneficiados com redução de impostos.

O Futher Passos deve beber da mesma fonte que alimentou Adolf Hitler, pois tal lei que defende com tanto empenho nada mais é que uma forma de discriminação racista e de nenhuma forma apoiado em conceitos racionais sejam eles científicos, moral e muito menos éticos.
O que a lei diz em miúdos que se seu filho tiver qualquer problema que não o enquadre na qualificação de “normal” tais como problemas físicos e/ou mentais será discriminado, não terá vaga na escola garantida uma vez que a lei dá preferência para os outros tipos de alunos tidos como aptos. Voltaremos de fato a idade das trevas.
A luta, que não é minha luta, mas a luta de um vereador com tino fascista demonstra claramente que o pensamento de alguns de nossos representantes está embotado, ou pelo poder já que se acham nos direito de decidir que deve viver, casar ou sofrer, ou pela sensação de superioridade digna daqueles que de fato baixos a ponto de promover tal desumanidade.

 
Blog do Sarge - Templates para novo blogger